Grande campanha confirma o tetracampeonato em 1973
          Outra brilhante campanha foi coroada com mais um título estadual, o tetra-campeonato, conquistado num quadrangular final, na cidade de Campo Bom, disputado entre os vencedores de chaves : "15", 14 de Julho (Itaqui), Rio Branco (Santa Vitória do Palmar) e Vila Federal (de Porto Alegre).
          A primeira rodada dupla foi realizada no dia 7 de dezembro de 1973, sexta-feira, no então Estádio dos Eucaliptos.
          No jogo preliminar, o Rio Branco venceu o Vila Federal por 2 a 0.
          No jogo principal, o "15" estreou perdendo para o 14 de Julho, por 2 a 1, depois de estar vencendo.
          Na segunda rodada, realizada no sábado, mais dois jogos : na preliminar, o "15" derrotou o Vila Federal por 2 a 0. Rio Branco e 14 de Julho, no jogo principal da tarde, empataram em um gol, resultado que favoreceria o "15".
          Na rodada de domingo, outra vitória do "15", desta feira por 3 a 2 diante do Rio Branco.      
          Na partida principal, o que todos os torcedores quinzistas esparavam : um empate entre o 14 de Julho e o Vila Federal (0 a 0). Houve, então, a necessidade de uma prorrogação de 30 minutos entre "15" e 14 de Julho.
          Aos 14 minutos, vibração da torcida do "15". Polica chutou, a bola desviou num zagueiro do "14" e foi parar nas redes : 15 de Novembro 1 a 0. Era o gol do tetra-campeonato, para alegria da torcida, que fez um grande carnaval após a brilhante conquista.
          Considerando-se os três jogos do quadrangular final, o "15" disputou 20 jogos para chegar ao título. Nos 17 anteriores às finais, obteve 12 vitórias, três derrotas e dois empates, 42 gols a favor e 13 gols contra, saldo de 29.
          Presidente do clube em 1973 : Babi Mendonça Vaz
          Treinador : Alfeu Becker

          O PLANTEL

GOLEIROS  :           Bilu, Ivan II e Joãozinho
ZAGUEIROS :          Paulinho, Luia, Puvinho, Mosquito, Naldo, Beto e Ademir
MEIO-CAMPISTAS : Ismar, Celso e Schuetz
ATACANTES :          Rogério, Pombinha, Ivan, Polica, Mauro e Adão.